Dani

Sua boca não estava borrada de batom vermelho. Era sangue mesmo. Ele vomitava vida. Fato incontestável. Botava pra fora o pouco que restava dentro dele. Até quando? Quando eu me coloquei na frente dele, seu semblante era de aflição, cheguei perto e ele disse: péssimo momento, preciso da minha mãe, procura minha mãe.

A mãe estava sendo amparada pela psicóloga de plantão.

Enquanto acariciava seu peito e ele sem graça comigo ali, pensava no que eu poderia dizer para ajuda-lo. O que o confortaria. Cheguei num péssimo momento, naquele instante em que a respiração era difícil, ele querendo desfalecer, sua boca molhada de sangue…

Foi com o Daniel que fui expulso de uma boate, a muitos anos atrás. Depois do encontro explosivo no meio do salão. Depois do destempero de ir terminar o começado na cabine de um banheiro. Ficamos amigos. Conto nos dedos essas pessoas que se tornaram minhas amigas depois de… E fui esbarrando nele de novo e de novo e de novo – ele sempre trabalhando numa loja diferente, eu sempre passando por perto. E fomos ficando amigos, rindo do passado, trocando novas aflições, sensações, desabafos, baixarias vivenciadas.

Fiquei surpreso quando o Daniel foi trabalhar aonde eu trabalhava. Teríamos um dia a dia de fofocas de bastidores, mas durou pouco. Lembro e quero rir das pessoas rindo do fato deu imitar a caminhada do Dani, todo tortinho. Ahhh eu sou ator né, até o Dani ria. Riamos do fato dele ter se apaixonado por um amigo meu, se encantado pela jovialidade e inconstância daquele pequeno rapazinho. Ahhh Dani…. nem vamos mais rir das loucuras dele.

Fui dar um abraço antes dele fazer a primeira cirurgia para a retirada do tumor no fígado. O Dani não era mais o mesmo, estava assustado, temeroso, mas ali, firme, tentando passar confiança, esperança.

Fui dar um abraço antes dele dar o último suspiro, não se pode mais retirar nada de seu fígado. O Dani ficou refém do próprio corpo. O Dani não é mais o mesmo, estava amarelado, dava ar de cansaço, parecia envergonhado com tanta exposição, mas ali, sentado tentando mostrar que se preocupava – afinal vomitava sangue, esperança?

Quando sua mãe apareceu, socorrendo o filho, eu me afastei e observei da ponta da cama. A mãe velhinha dizendo: se eu pudesse eu tirava tudo de você e passava para mim. Ele responde: não mãe.

Resignado, meu amigo está resignado. Da sua boca sangue, dos olhos da mãe lágrimas, eu olhando…

Resolvo deixa-los a sós. Vou abraça-lo, dar um beijo. Ele se esforça: abre bem os olhos para me ver (pela última vez?) a mãe pergunta se ele me reconhece, ele responde: sim, Rodolfo Lima. O beijo pela última vez.

Saio, vou ao teatro, consigo me distrair. A peça me toca, e me perco ali no palco.

Saio do teatro, pego meu ônibus, passo em frente ao Hospital do Câncer, olho para o 20° andar penso no Daniel, no nosso dia a dia no trabalho, nossas fofocas e artes compartilhadas, na nossa expulsão da boate, na paixão que ele nutriu por um amigo, no nosso último papo on line, quando ele já não tinha forças para teclar. Lembro dele sentado e vendo a Alice morrer, do comentário final: é, não deu. Penso em tudo ao mesmo tempo agora. O ônibus passa. Meus olhos enchem de lágrimas.

Me sinto triste, tudo está tão frágil. A vida me deixa mais carente e sentimental. Quero me apoiar num ombro, não há nenhum. Quero dormir dias, mas a vida me cobra que eu levante e continue, a vida é isso: continuação, insistência, inconsequência.

Lembro dos olhos do Daniel se abrindo para me ver melhor, eu olhando ele bem de perto, digo:

– Fique em paz Dani.

– Eu estou.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Dani

  1. Lucia Portela Miranda Couto. disse:

    Meu Deus como chorei lendo isso,queria ter vivido o que você viveu,queria ter estado perto dele nesses últimos momentos,mas estou longe do meu amado sobrinho,não vou poder ir nem no enterro,eu estou com o coração dilacerado,amava muito o Daniel,ajudei minha irmã cuidar dele,era o sobrinho mais carinhoso do mundo,me mandou um recado pela Iris a poucos dias,disse para ela me dizer que me amava,e eu estou muito triste.

  2. Que lindo Rodolfo…tb vi ele as 20hs..bem no final, mas mesmo fraco e vomitando ele me sorriu e percebi mais uma vez o valor da vida e da amizade, não é anos que faz nos apaixonar por pessoas como ele!! viveu e foi em paz com tudo e todos! Bj

  3. conhecia o dani desde 2002 ,lembro que o conheci numa balada na danger e ficamos juntos naquela noite e depois acabamos virando amigos…o que pude perceber em Daniel é que ele era uma pessoa de bom coração e tambem gostava da madonna assim como eu ,no ano passado eu vendi um ingresso para ele por um preço mai barato para poder ir no show da madonna e me lembro que ele me disse que estava se sentindo feliz porque ia poder ir no show tbm….amigo a ultima vez que te vi foi no nosso encontro no metrô ,voce foi me entregar aquele livro lindo da madonna que trocou comigo pelo cd ,lembro que vc estava fazendo academia e ficando fortinho ate falei que vc estava ficando mais bonito.DESCANSE EM PAZ QUERIDO E QUE VOCÊ SEJA ILUMINADO AI NO CÉU ASSIM COMO FOI AQUI NA TERRA…VOCÊ VAI FICAR NA MEMORIA DE TODOS QUE REALMENTE TE AMAVA E TE ADMIRAVA COMO PESSOA E AMIGO!!!

  4. carolina portela disse:

    chorrei muito como estou triste meu Deus te amo meu primo saudades aternasssssssssssss

  5. Meu Deus!!Que emoção ler tudo isso….era assim o nosso Dani,tentando a todo tempo passar força….memso estando tão frágil….Vá com Deus,amigo!

  6. Vanessa Duarte disse:

    Nossa, mto comovente. Estou arrepiada!

  7. Lau Stachera disse:

    Dani, fica em paz!!!

  8. Lucia Portela Miranda Couto. disse:

    muito triste ler tudo isso,imagino quanto sofrimento da minha tia que deus conforte ela te amo dan muitas saudadesssssss.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s