Arquivo do mês: novembro 2012

O dia em que envelheci

“Não me aflige ter cabelos brancos, ganhar rugas, perder a elasticidade da pele. Para mim, envelhecer é parar no meio do caminho. Tanto no sentido físico quanto no metafórico” – Lorena Calábria, 48 anos, jornalista A revista TPM trouxe na … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Réquiem… by Juba

Eis aqui (alguns dos) os primeiros registros de “Réquiem para um rapaz triste”. Meus cabelos enormes, maquiagem carregada, no cenário vários elementos… No que chamamos – eu a diretora – de Work Progress (apresentado no Teatro de Arena Eugênio Kusnet) havia … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Bicha Oca em Santos

Bicha Oca termina o ano se apresentando no II SANSEX – 2° Mostra de Cinema e da Cultura da Diversidade Sexual de Santos. Terei a sorte de estar presente nos dois primeiros anos do evento. Vida Longa. Ano passado “tia” … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Meu caso de amor com a máquina de lavar roupa

Este ano consegui finalmente começar a me relacionar com a máquina de lavar roupas. Morar só e a preguiça de ficar levando a roupa para a mãe, me obrigou a encarar aquela trepidante e por vezes barulhenta máquina. Nosso relacionamento … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Réquiem… by Átila Araujo

A excursão pelas casas merecia um registro a parte, tal a complexidade e a ampliação de possibilidades que se dá nesse locais. Atila registrou a apresentação na casa de Fabiano Lira. Há várias fotos… registro aqui umas expressões que trazem caretas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Réquiem… by Lua Barbosa

Lua registrou a passagem do Réquiem… pela UNESP de Presidente Prudente. Alias o convite veio dela  – por intermedio de Aurélio Prates – para a apresentação. Na chegada, pânico, Réquiem seria apresentado num espaço aberto, uma especie de hall num … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Apartamento 94

Em três cômodos no nono andar de um prédio bem localizado na região da Bela Vista pude me deparar com minha solidão, meus fantasmas e minhas expectativas (por vezes frustradas) sem a interrupção de ninguém. Esse mergulho de mim em … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário