Outros (con)textos para o “Réquiem…”(2)

“Talvez eu tenha sido uma menina daquelas de tranças, saia plissê azul marinho, meias soquetes, laço no cabelo, cantando cantiga de ninar, talvez. Ás vezes me lembro de coisas assim, como essa da menina – como se houvesse uma parte de mim que não envelheceu e que guardou. Guardou tudo, até o príncipe que um dia não veio mais. Não, não foi um dia que ele não veio mais, foram muitos dias, em muitos dias ele não veio mais.” – Caio Fernando Abreu

…amar e ser amado era tudo o que eu queria, pertenço como nunca desde agora a essa insólita confraria dos enjeitados, dos proibidos, dos recusados pelo afeto, dos sem-sossego, dos intranquilos, dos inquietos, dos que se contorcem… Raduam Nassar (Lavoura Arcaica)

Sempre quis um amor que vivesse a felicidade. Sem reclamar dela ou disso. Sempre quis um amor não omisso e que suas estórias me contasse. Ah, eu sempre quis um amor que me amasse – Elisa Lucinda (12/02/95)

A vida não é filme você não entendeu – Herbert Viana – “Ska”

No dia que você me amou e me desarmou – Solitude (espetáculo de dança-teatro)

“Vem morte, mas escondida o bastante para que não te sinta chegar, porque o prazer de morrer poderia me trazer de novo a vida” – Salvador Dali

Eu sou assim. Mais instinto que razão. Radical em todos os sentidos. É que eu prefiro que me ame ou me odeie, o meio termo é o que me incomoda” – Comercial (dos cigarros) Free

Toda morte é um suicídio, porque a gente só morre quando concorda – Ariano Suassuna

Todos sabemos da mesma verdade, nossas vidas consistem de como nós escolhemos distorce-las – Woody Allen

 Agarre minhas mãos /Eu me sinto afundando /Afundando sem você/E na minha imaginação/tudo está perecendo/ Perecendo sem você (The Cranberries – When You´Re Gone)

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Outros (con)textos para o “Réquiem…”(2)

  1. Silvana disse:

    Apenas um ser com capacidade para amar tanto os semelhantes é capaz de suportar a aparente solidão que parece nos atingir em determinadas épocas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s