Arquivo do mês: novembro 2010

o derradeiro último ano

O público sempre me questionou sobre a minha relação com minhas personagens. Com a Alice (Réquiem…) é de praxe várias perguntas, com o personagem de “Todas as horas…” quase nunca – talvez com medo de revelarem certa familiaridade com o … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O amor – por Fabrício Carpinejar

O amor é o tema do meu próximo solo. Alguns dirão: ué, mas você não fala disso nos outros três? Sim, falo. Mas de forma indireta. Ou não apenas sobre. No próximo, o questionamento é única e diretamente sobre isso … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Como expressar um sentimento?

Quando o Marcelino leu a primeira versão da minha adaptação para seus textos homoeróticos e sugeriu que houvesse um menino no final, invertendo o clichê da bicha velha gostando de um garoto, não pensamos em como seria tal demonstração de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

O Amor – por Moska

Tenho dois cds do ex-Paulinho Moska. Porque ele deixou de ser Paulinho, não sei. Mas o cd do Moska chamado “Eu falso da minha vida o que eu quiser” – que conheci a pouco tempo – traz talvez suas canções … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

João Matos

Quando ele apareceu sorrindo para mim na porta do Teatro Castro Alves eu não o reconheci. Não deveria, não o conhecia, ele era amigo do amigo e nem sabia que ele tinha marcado minha fisionomia. Talvez não. Fui receptivo aquele … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

As Cores de Anderson Zeg

Zeg não se contentou apenas em tirar as fotos, quis colorir. Amei!

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Bicha Oca by Anderson Zeg

Conheci o Zeg atráves do João, que um dia disse: ah descolei um cara para fotografar. O Anderson fez umas fotos incríveis e ainda coloriu outras. Ou seja… fui agraciado com mais um generoso olhar para o Seu Alceu e … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário